ASCAM E SEBES FAZEM REUNIÃO SOBRE PROGRAMA DE TRICICLOS DE RECICLAGEM

Representantes da associação e da secretaria se reuniram na manhã de 12 de janeiro para debater a implantação do projeto

Representantes da Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis de Bauru e Região (Ascam) e da Secretaria Municipal do Bem-Estar Social (Sebes) se reuniram na manhã do dia 12 de janeiro para debater a implantação do programa de triciclos da reciclagem.

Os triciclos foram adquiridos por R$ 100 mil com o valor do primeiro contrato assinado entre a Ascam e a Prefeitura de Bauru, em novembro de 2019, para a gestão dos oito Ecopontos da cidade. Os equipamentos ficaram prontos em dezembro e foram apresentados em solenidade aos catadores associados no dia 29 do mesmo mês.

Agora, Ascam e Sebes debatem como será a gestão do programa, os critérios de seleção para os catadores de recicláveis participantes e o início do processo.

“Foi uma reunião bastante produtiva. Há questões legais que estão sendo debatidas, bem como as regras para o uso desse equipamento, mas é consenso que os triciclos poderão contribuir para a melhoria de condições de trabalho desses profissionais que atuam de forma autônoma”, afirma Gisele Moretti, presidente da Ascam.

A proposta da Ascam é que os perfis sociais dos candidatos sejam avaliados e que os participantes, após associados à Ascam, passem por processo de formalização como microempreendedores individuais. A associação realizaria, ainda, treinamento técnico e ambiental, fornecimento de uniforme  e orientações para uso dos triciclos.

“Há vários pontos a serem debatidos. Queremos dar transparência ao processo. Entendemos que o programa de triciclos é importante e significa um avanço para a reciclagem e meio ambiente de Bauru, bem como uma forma de empoderar muitas pessoas”, reforça Gisele.

Além da presidente da Ascam, participaram da reunião Silvia Aparecida Martarelli, presidente da COOPERBAU; Catiana da Silva Santana, presidente da Eco Recicla; Glauber Woida, membro da equipe de transição da Sebes; Maria Cristina dos Santos Fernandes diretora da Rede de Proteção Básica; Adriane Julião Oliveira Dias, diretora da Rede de Proteção Básica; Marlene Bigheti, assistente social da Ascam, e Vinícius Bonafé, assessor de comunicação da Ascam.

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.