ASCAM LANÇA AÇÃO PARA VALORIZAR HISTÓRIAS DE CATADORES DE RECICLÁVEIS

Site da associação passará a divulgar perfis de associados para mostrar o poder de transformação da reciclagem

A reciclagem tem o poder de transformar vidas. É o que mostra a nova ação da Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis de Bauru (Ascam), que a partir de outubro passa a divulgar histórias de luta, superação e empoderamento envolvendo seus associados.

Os perfis, compostos por depoimentos de vida e imagens dos associados, serão veiculados no site da Ascam, na seção denominada “Nossas histórias”. Nas redes sociais, vídeos curtos feitos pelos associados convidarão a comunidade a conhecer seus depoimentos.

Neste mês, seis associados têm seus perfis veiculados no site da Ascam: Luiz André Soares de Oliveira, Bruna Fernandes Diniz, Cláudia Simões, Kelly Caetano Faustino, Solange Aparecida Alves e Jacqueline Madureira Roja Rufino.

Em comum, esses seis associados encontraram no trabalho da reciclagem uma forma de superar obstáculos que a vida lhes impôs. Bruna, por exemplo, perdeu tudo o que tinha em um alagamento. Depois de trabalhar como faxineira, encontrou na reciclagem sua fonte de renda. Hoje, passa por treinamento de liderança. “Me considero uma vencedora”, afirma. Jacqueline, por sua vez, é uma referência entre os colegas por conta do conhecimento que detém sobre a separação de recicláveis. “Meu papel é fundamental. Eu contribuo com o meio ambiente”, diz com orgulho.

Para Gisele Moretti, presidente da Ascam, dar visibilidade a histórias como de Bruna e Jacqueline é valorizar quem, de fato, contribui com o meio ambiente.

“Os catadores de recicláveis, muitas vezes, não são notados pela sociedade, pois estão à margem dela. São pessoas humildes, mães solteiras, egressos do sistema penitenciário, ex-usuários de drogas, desempregados e que encontram na reciclagem um trabalho que mostra a eles sua importância. Na reciclagem, eles resgatam a autoestima, pois aprendem a fazer parte de um serviço essencial para a comunidade. E isso empodera”, afirma.

Com a seção Minhas Histórias, a presidente da Ascam acredita que a comunidade de Bauru poderá gradualmente conhecer os catadores de recicláveis e reconhecer a sua importância para o meio ambiente. “Eles finalizam o processo de reciclagem, têm um conhecimento prático de extrema importância social e ambiental, pois impedem que resíduos se decomponham na natureza. É um serviço de muito valor”, completa Gisele.

A proposta é que a seção seja atualizada mensalmente com novos perfis. “Hoje temos mais de 90 associados. Queremos que todos eles tenham suas histórias abordadas”, diz a presidente da Ascam. Para conhecer esses perfis de luta, superação e empoderamento, basta acessar a aba Nossas Histórias

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.