REFORMA DO ECOPONTO MARY DOTA É ENTREGUE À COMUNIDADE

Associação de Catadores de Materiais Recicláveis (Ascam) e a Prefeitura Municipal de Bauru, por meio do Programa Recicla Bauru, entregaram nesta sexta-feira, dia 24 de janeiro, a reforma do Ecoponto Mary Dota, localizado na quadra 4 da avenida Américo Finazzi, no Núcleo Nobuji Nagasawa.
O local recebeu duas placas externas que identificam os horários de funcionamento do Ecoponto, bem como orientam os munícipes sobre os resíduos e quantidades que podem ser destinados. Também foram realizadas pintura na calçada, gradil e portão, que foi reforçado.
Internamente, as áreas de destinação de recicláveis, resíduos de jardinagem e construção civil, volumosos e eletrônicos receberam placas individuais de identificação, de forma a orientar separação e destinação dos materiais recebidos.
Outra mudança envolveu a jardinagem. Plantas, vasos e móveis feitos com pneus tornaram o Ecoponto mais convidativo à população e aos cooperados que atuam no local.
“Fizemos tudo com muito carinho e atenção a cada detalhe. Esta é uma pequena conquista, mas significa muito para os cooperados e para a população que mora no entorno do Ecoponto, pois valoriza o local. Estamos muito felizes”, afirma Gisele Moretti, presidente da Ascam.
Participaram da cerimônia de entrega associados da Ascam, moradores da região e representantes e funcionários das secretarias municipais de Obras e Meio Ambiente, Emdurb e Conselho Municipal do Meio Ambiente. O prefeito Clodoaldo Gazzetta prestigiou o evento juntamente com o vereador José Roberto Segalla, presidente da Câmara Municipal de Bauru.
A Ascam planeja reformar os demais sete Ecopontos até abril deste ano, aprimorando a experiência realizada no Mary Dota. As outras unidades estão localizadas na rua Sorocabana, Jardim Redentor, Pousada da Esperança I, Núcleo Edson Francisco da Silva, Rua Bernardino de Campos, Núcleo Octávio Rasi e Santa Edwirges.
Os Ecopontos funcionam todos os dias da semana, inclusive feriados, nos seguintes horários: segunda a sábado, das 7h às 19h, e domingos, das 8h às 16h.
A população pode destinar aos Ecopontos plástico, metal, vidro, papel e papelão, eletrodomésticos e itens de informática, de preferência não contaminados por restos de comida e de higiene íntima. Cada morador também pode encaminhar móveis, sofás e colchões, limitados a três unidades por ano, e 1 metro cúbico de entulho e madeira a cada 120 dias.
Os pequenos geradores também podem levar aos Ecopontos pneus (limitados a quatro unidades por ano) e resíduos de jardinagem (quantidade limitada a 1m3 a cada 120 dias).
Os Ecopontos não recebem lixo hospitalar e de serviços da saúde, lixo industrial, lixo doméstico, grandes quantidades de entulho de construção e lâmpadas.

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.